Marketing de indicação: saiba como estruturar para aumentar as vendas

O Marketing de indicação é uma das vertentes pertencentes ao marketing. Essa vertente serve à criação de estratégias específicas e premeditadas para obtenção de lucro.

Esse modelo foca a geração de novas vendas utilizando uma base de clientes da empresa, especialmente aqueles que demonstraram uma satisfação durante e após o processo de compra.

Por exemplo, se um cliente busca uma fachada de loja adesivada, por intermédio do marketing de indicação, quem experimentou e gostou da experiência com uma empresa pode indicar o negócio para esse indivíduo. 

Em muitos casos, o desfecho dessa indicação é a concretização da compra. O que aconteceu, nesse exemplo, foi o exercício da influência ou da indicação de um cliente leal adotada como tática de marketing.

Também sendo chamado de Referral Marketing, as indicações podem tanto serem feitas para empresas que atuam em modelo B2B (Business to Business) como também em B2C (Business to Consumer).

Se um empreendimento de persiana double vision sob medida deseja aderir a essa técnica, é fundamental que, no primeiro momento, se arme com conhecimentos relativos à  importância que ela pode trazer ao seu negócio.

Do mesmo modo, é importante conhecer as formas pelas quais se pode estruturá-lo, para que, por conseguinte, a estratégia de marketing de indicação possa ocasionar sucesso dentro dos atos de marketing e do negócio.

Quanto mais uma empresa criar boas bases para ter lucros por diferentes caminhos, maiores são as chances de se concretizarem estavelmente dentro do mercado e, também, de conquistarem seus objetivos e metas com uma maior praticidade. 

A importância do marketing de indicação

Por exemplo, se uma empresa de escada pré moldada em l ou qualquer outra anseia trabalhar com o marketing de indicação, alguns dos pontos fulcrais a ela são:

  • Gerar leads com maior qualificação;
  • Menos tempo de negociações;
  • Potencializar resultados com menos investimentos;
  • Formar clientes fidelizados. 

Devido ao ancoramento em uma base de clientes já existentes, os clientes potenciais que vêm por intermédio de indicações geralmente correspondem mais aos serviços específicos oferecidos por uma empresa.

Então, se, por exemplo, um cliente leal indica-na a um cliente potencial, é porque há neste último algum interesse quanto à busca de serviços específicos, os quais se alinham às ofertas de serviços da empresa em questão.

Esse tipo de marketing gera negociações mais rápidas, ágeis e eficientes para ambas as partes envolvidas em um eventual negócio.

Por exemplo, processos complexos de compra e de aquisição de cobertura retrátil automatizada podem ser minorizados e tratados com maior agilidade.

O fato desse marketing ocorrer por indicação também minoriza e reduz a utilização de investimento de capital. Desse modo, a conversão de clientes gera uma economia considerável aos caixas da empresa.

Quanto mais uma empresa obter retorno com menos capital envolvido, maiores são as chances de se tornar uma referência dentro do segmento mercadológico de atuação. Isso pode significar a vantagem ante uma outra empresa concorrente.

Fidelizar clientes é algo que acaba fazendo a diferença dentro de um segmento de mercado, e por isso, compreender quão o marketing de indicação é importante (por funcionar como uma rede de networking) acaba gerando ainda mais resultados. 

As formas de indicação são variadas e podem ocorrer de várias maneiras. O importante, em todo o caso, é primar pela fidelização e satisfação dos clientes, pois eles são os responsáveis pela realização prática do marketing.

Por isso, se uma empresa busca estruturar esse formato, é fundamental ter um bom conhecimento para não gerar o efeito contrário ao da aproximação.  

As principais métricas de indicação

Um empreendimento que usa o marketing de indicação como parte de suas estratégias pode contar com o auxílio de algumas métricas para ter a percepção da efetividade do planejamento.

Uma das métricas é denominada como taxa de penetração, em que do total dos clientes ativos que a empresa possui, realiza-se os cálculos de quantos novos consumidores vieram por intermédio dos clientes indicadores.

Essa medição pode ser feita com ajuda de softwares que a empresa utiliza ou outros softwares personalizados, de modo que faça essa associação entre os que estão entrando com aqueles que já estão presentes. 

Outra métrica são as indicações per capita, que se voltam à média de indicações recebidas em um determinado período que os clientes fiéis fizeram-nas. Essa métrica é extremamente funcional para se avaliar épocas específicas.

Uma empresa de laudo veicular moto pode se adaptar também. Para saber quantas indicações recebeu, o que ajuda a saber qual a porcentagem dos novos leads que surgiu. 

Desse modo, é importante que todas as métricas ou estratégias da empresa estejam sempre ligadas a uma programação que mede a taxa de conversão, podendo ser algo único ou dividido entre várias categorias que a empresa tem para converter. 

Ter um acompanhamento dos dados que estão entrando e saindo da empresa é fundamental para a elaboração de melhores estratégias que podem auxiliar a conclusão de metas e a construção de novos objetivos dentro do mercado. 

Como estruturar para aumentar as vendas?

Para que um marketing de indicação funcione dentro de uma fabricante de estação de trabalho para 4 pessoas, por exemplo, é importante que o negócio conheça bem os seus consumidores e, principalmente, como instigá-los, para que ocorra a indicação. 

Mesmo que essa indicação ocorra voluntariamente, devido à oferta de um bom serviço por parte da empresa, é importante que se incite-os e que os convide a se engajarem nessa prática.

Por isso, alguns negócios acabam recorrendo à prática de concursos ou de campanhas, nos quais tanto quem indica como os novos clientes recebem benefícios. Essa é uma ótima tática de agregação de valor e de fidelização.

Descontos ou metas para que o cliente atinja um número de indicação acaba também auxiliando no processo de indicação, e por isso, saber planejar essas ações de um modo para que ambos os lados sejam beneficiados é importante. 

Outro formato que contribui para a estruturação do marketing de indicação é usar os períodos sazonais do mercado como um modo para engajar os clientes a indicarem, especialmente usando promoções por tempo limitado. 

O marketing viral também é uma forma de indicação que age diferentemente do modelo tradicional, em que um indivíduo indica ao outro, por exemplo, etiquetas adesivas personalizadas

As ações do marketing viral, por sua vez, estão diretamente ligadas aos comportamentos de um grupo social selecionado.

Por exemplo, quando um produto ou um serviço se torna uma tendência na sociedade, de modo que o incentivo ao consumo do serviço ou do produto é dado sutilmente por meio de pequenos estímulos que impelem um indivíduo a comprá-lo ou adquiri-lo.

O que, acaba por sua vez, sendo uma indicação que ocorre de um modo menos prático e na verdade, subentendido, fazendo com que os consumidores busquem por feedbacks de quem já comprou. 

A estrutura do marketing por indicação dentro dos meios digitais pode contar com a ajuda de digitais influencers, usuários que, por conta do seu grande número de seguidores, acabam atraindo marcas para fazerem publicidade. 

Os influencers exercem um poder de indicação muito forte sobre possíveis consumidores e possíveis clientes, fato que aumenta, inegavelmente, as vendas ou o consumo de um determinado produto ou serviço.

Mesmo vendas impermeabilização de telhado de zinco podem ser incrementadas com isso.

Mas, para que isso ocorra de um modo positivo e certo, é fundamental que o negócio feche acordos com os influencers que estão alinhados ao público-alvo que deseja os seus produtos e serviços.

Isso porque o público-alvo será, também, um agente de divulgação.

O marketing de indicação deve ser elaborado pela empresa de acordo com os seus objetivos, metas e, também, capital disponível para o investimento, de modo que, assim, suas estratégias acabem gerando benefícios a longo prazo ao empreendimento. 

Considerações finais 

Dentro do mercado, estabelecer meios para indicações é um dos passos que muitas empresas acabam elaborando para ter clientes mais fidelizados, e até mesmo para economizar o tempo de conversão de consumidores. 

Isso porque quando há uma indicação de um produto ou serviço, o cliente fiel acaba realizando a indicação àqueles que possuem um perfil alinhado à oferta de serviços da empresa. Ou seja, atinge-se o público-alvo.

Por isso, quanto mais a empresa incentivar os atos de indicação e recompensar os seus clientes por isso, maiores serão as chances das métricas apontarem o sucesso dessa estratégia.

Esse método de marketing é algo que, além de poder gerar melhores métricas monetárias e resultados à empresa que o utiliza, a esta pode assegurar um crescimento infindável na base de clientes existente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Consultoria gratuita!

Posts Recentes

Decisão de compra: como influenciar os consumidores

No processo de compra, os consumidores são influenciados por uma série de...

Ler mais15 de fevereiro de 2024

O que é Click Bait e quais são os riscos de utilizá-lo?

Chamar a atenção do público é essencial no mercado. Quanto...

Ler mais14 de fevereiro de 2024

O que é URL amigável e qual sua importância?

URL amigável é uma URL “amigável para o usuário”, ou seja,...

Ler mais9 de fevereiro de 2024

Nos acompanhe nas redes sociais:

Leia também ...

Clique no botão e cadastre-se em nossa Newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter

© Copyright Idea Of Now. Todos os direitos reservados.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Basta preencher as informações abaixo:

Como deseja receber seu conteúdo?