Conheça as principais diferenças existentes entre SEO

Hoje em dia, todo empreendedor que deseja construir um endereço de respeito no mundo virtual deve aplicar duas práticas importantes relacionadas ao SEO: o SEO on page e SEO off page

Inclusive, ao falar em SEO, é comum que acreditem haver apenas um modelo de atuação. 

Na verdade, o que há são duas categorias principais para esse método, de modo a compilar boas práticas para qualificar ainda mais os resultados, se diferindo pelos canais em que as ações são realizadas.

Basicamente, as práticas se caracterizam e dividem por processos dentro e fora da página da sua marca, seja ela uma agência de publicidade ou uma empresa de manutenção de ar condicionado.

Assim, entender como usar cada um garante avanços consideráveis nos resultados das pesquisas realizadas pela sua persona nos principais buscadores da internet.

Para saber melhor do que se trata cada um, as diferenças e como executar cada modelo, continue na leitura do texto abaixo.

O que é SEO?

O conceito de SEO mais conhecido no mundo do marketing é quem na prática, é o método responsável por manter o seu endereço virtual no topo das pesquisas do Google.

A sigla SEO pode ser traduzida como “Otimização para Mecanismos de Pesquisa” e a ideia é justamente essa, otimizar o seu site, os conteúdos, aparência, acesso e tudo que constitui o seu endereço virtual para os mecanismos de pesquisa, em leitura e experiência de interação.

Com isso, a partir das estratégias do SEO, o gestor de uma fábrica de embalagem de pizza personalizada consegue aparecer para o público interessado por esse tipo de serviço.

São diversas ações, básicas ou avançadas, que podem ser aplicadas e possuem como objetivo posicionar as suas páginas nos primeiros lugares das pesquisas. 

Isso porque, geralmente, são justamente os primeiros links em que as pessoas costumam clicar e acessar o conteúdo com maior frequência.

Quanto mais você usa técnicas de SEO on page e SEO off page no seu site, mais potente ele fica e mais chances ele tem de aparecer em primeiro lugar e ganhar autoridade no seu nicho de mercado.

SEO on page

Agora que você aprendeu o conceito geral de SEO, é hora de entrar nas duas ramificações. 

A primeira delas é o SEO on page, que pode ser traduzido como SEO na página, ou seja, toda a prática de SEO feita diretamente em sua página virtual.

Tudo que for feito para otimizar o seu conteúdo e trabalhado dentro do seu site, no conteúdo produzido por você, qualidade de navegação e informações dispostas nas páginas é designado como SEO on page.

As ações que compõem o SEO on page vão desde a URL da sua página de serviços de enfermagem domiciliar até as palavras escolhidas para segmentar e planejar o seu conteúdo. Assim como os links usados e o nome dos tópicos.

Além disso, há também o nível de usabilidade dos usuários na sua página. 

Afinal, não basta apenas ter um conteúdo interessante. É preciso que seu site demonstre adequação para o uso geral. Isso porque uma falta de cuidado na navegação também prejudica o posicionamento do seu site e a experiência com a marca.

Nesse sentido, se você deseja fazer com que os robôs do Google encontrem o seu site (posicionando-o de maneira interessante), que os visitantes tenham uma boa experiência e achem facilmente o seu conteúdo, algumas técnicas devem ser seguidas. As principais são:

  • Palavras-chaves;
  • URL amigável;
  • Title tag;
  • Meta descrição.

Essas são ações fundamentais para a projeção do seu tráfego orgânico, ou seja, o modelo de acesso dos usuários que ocorre naturalmente e sem investimento financeiro, o que difere dos cliques pagos.

Abaixo, separamos tópicos para explicar cada um desses itens, que demarcam as principais diferenças entre SEO on page e SEO off page, podem ser aplicados. 

  1. Palavras-chaves

O planejamento de palavras-chaves é a base para qualquer estratégia de SEO com potencial de eficiência e para trazer acessos consideráveis para o seu site. 

Elas são fundamentais para o ranqueamento do Google e saber escolher as melhores é um passo fundamental do SEO on page, afinal, são elas que taggeiam os conteúdos e permitem que os internautas encontrem os conteúdos de interesse de forma mais precisa.

Nesse sentido, é importante evitar que os conteúdos estejam repletos de palavras-chaves soltas e aleatórias. Muito pelo contrário, isso é um motivo de penalidade para o Google.

A chave para o sucesso é ter o conteúdo bem organizado, feito com palavras-chaves naturais e em lugares bem escolhidos, usando termos que façam sentido e agreguem valor à página e aos visitantes.

  1. URL amigável

Outro aspecto importante e que ajuda os robôs do Google a lerem o seu conteúdo e encaixar dentro das pesquisas é a formulação de URLs amigáveis. 

Isto é, endereços de páginas que não sejam cheios de códigos e numerações complexas, sendo simples e representando bem os conteúdos apresentados nas páginas.

Novamente, a palavra-chave se faz necessária, sendo colocada na url, ao lado do título da sua empresa.

Para exemplificar, se você produz um conteúdo sobre projeto contra incêndio, é interessante deixar esse título na URL, para que ele seja ranqueado nos buscadores desse assunto.

  1. Title tag

No cenário dos buscadores, existem termos que indicam para o usuário qual é o conteúdo que ele vai encontrar ao clicar no endereço. Essa é a Title Tag, o título do seu site otimizado na página de busca.

Da mesma forma da URL, a palavra-chave principal que marca a sua empresa deve constar na Title Tag. 

No geral, faça de uma forma que capture a atenção do leitor, para que ele rapidamente clique no conteúdo.

  1. Meta descrição

Na mesma faixa de visualização do seu site nos buscadores, embaixo do Title Tag, existe a Meta Descrição, um pequeno texto com o intuito de descrever o conteúdo que será encontrado pelo seu usuário ao clicar no seu site.

Por isso, escreva de uma forma que resuma o conteúdo e, ao mesmo tempo, convença o leitor a clicar, seja com o objetivo de fazê-lo baixar um guia sobre empresas de cilindros hidráulicos ou um artigo especial sobre as melhores empresas do ano.

SEO off page

Se o SEO on page se caracteriza por todas as ações de otimização feitas dentro da página, é possível entender o SEO off page como os processos realizados para otimizar seu site fora da sua página.

Essa ideia pode soar complicada, mas aos poucos é fácil de entendê-la. 

O principal objetivo aqui é conseguir relevância dentro do seu mercado e na visão de seus parceiros ou concorrentes.

O relacionamento com os outros domínios é fundamental, outro critério para o ranqueamento do Google. 

Entre as tarefas que compõem o SEO off page e que diferem do SEO on page, podemos mencionar as 4 principais:

  • Conteúdos compartilháveis;
  • Trabalho nas redes sociais;
  • Aplicação do SEO básico;
  • Co-marketing e parcerias.

Com a numeração dos 4 itens acima, é possível entender que o diálogo com os outros é o principal fator de diferença entre o SEO on page e SEO off page. Abaixo, explicamos cada um para facilitar a sua prática.

  1. Conteúdos compartilháveis

O foco do seu conteúdo deve ser a persona, mas quando você pensa em temas e materiais tão bons que podem atingir outros parceiros, a chance dele ser mencionado por outro site é grande, aumentando o seu nível de ranqueamento e conhecimento no mercado.

Nesse sentido, priorizar a produção de conteúdos compartilháveis é o pilar de um bom SEO off page, facilitando naturalmente a publicação do seu conteúdo em outros domínios e canais, como as redes sociais. 

Por isso, invista em notícias, pesquisas e infográficos que sirvam de suporte para outros parceiros e usuários.

  1. Trabalho nas redes sociais

Nem só dos buscadores o seu site vive, seja ele uma rede de fast-food ou um grande nome de empresas de home care SP. É por isso que a presença em redes sociais é um forte braço do SEO off page.

Ainda que o Google não promova o ranqueamento, é um enorme auxílio para o tráfego do seu site e o reconhecimento de marca. Inclusive, cada vez mais os buscadores passam a valorizar e dar destaque a esses canais em sua página de resultados também.

Nesse caso, boas medidas são participar de comunidades, fóruns, canais digitais e indicar o seu conteúdo nesses locais. Quanto mais acessos, maior a chance do seu conteúdo ser recomendado pelo Google.

  1. Aplicação do SEO básico

A base para um bom SEO off page ainda é um bom SEO on page. E nada muito avançado. Basta seguir uma otimização básica, como os tópicos já mencionados neste artigo e o SEO off page receberá um suporte bem fortalecido, inclusive o bom uso de palavras-chave dentro e fora das páginas.

  1. Co-marketing e Parcerias

Mesmo que o movimento natural das menções do seu conteúdo seja um ponto forte do SEO off page, realizar parcerias diretas com outros nomes do seu nicho também é uma indicação interessante, já que nem sempre as menções serão constantes.

Algumas possibilidades são guest posts, produções de artigo em parceria com outros profissionais, promovendo uma linkagem para o site do convidado, assim como um conteúdo de relevância para ele.

Há também a opção de co-marketing: a parceria propriamente dita entre marcas de um mesmo nicho, seja de recarga extintores SP com projetos contra incêndio ou perfumaria e lojas de cosméticos, em campanhas de publicidade e na própria produção de conteúdos.

Um exemplo é a produção de um artigo especializado com foco nos dois públicos e linkagem para os sites das duas marcas, convergindo os públicos.

Como usar o SEO on page e SEO off page?

Depois de entender as principais diferenças entre SEO on page e SEO off page você já está pronto para aplicar as técnicas em conjunto e permanecer no primeiro lugar das pesquisas. 

É importante, antes de tudo, pensar na sua persona. Qual conteúdo ela deseja ler? Quais assuntos são procurados por ela? 

A partir dessa pesquisa primária, você começa a escolher palavras-chaves e temas para produção de conteúdo.

Para auxiliar nesse processo, você pode contar com plataformas e ferramentas de pesquisa de palavras-chaves. Existem muitos modelos no mercado que podem facilitar esse processo fundamental do SEO.

Focar nos dois modelos de SEO, seja para promover o freezer pequeno preço ou projeto de arquitetura, é o ideal para o crescimento, autoridade e aumento das vendas de um serviço. 

A união das técnicas básicas de SEO On page com a indicação e relacionamento do SEO Off page é a resposta para uma busca eficiente dos usuários e a colocação relevante pelos robôs do Google.

Por isso, não escolha entre SEO on page e SEO off page, mas faça uma estratégia que pense nos dois. Comece a aplicar o que foi aprendido neste texto e boa sorte para desenvolver cada vez mais sua marca no posicionamento online.

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Consultoria gratuita!

Posts Recentes

Entenda a importância da mídia programática na era digital

Na era digital em constante evolução, a mídia programática emergiu como uma...

Ler mais25 de setembro de 2023

Auditoria de Vendas: saiba como impulsionar sua estratégia

Uma auditoria de vendas é uma análise detalhada dos processos e resultados...

Ler mais25 de setembro de 2023

Dados qualitativos x quantitativos: entenda a diferença

Em um mundo movido por informações, compreender a diferença entre dados qualitativos...

Ler mais25 de setembro de 2023

Nos acompanhe nas redes sociais:

Leia também ...

Clique no botão e cadastre-se em nossa Newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter

© Copyright Idea Of Now. Todos os direitos reservados.

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Basta preencher as informações abaixo:

Como deseja receber seu conteúdo?